Marketing Pessoal: Descubra o que é e Saiba 10 Dicas para Colocar em Prática!

Tempo de leitura: 6 min

Escrito por Cristian Pessoa - Marketing PRÓ Afiliado

Em meio há tantas pessoas talentosas, profissionais capacitados e gente de todo o mundo com muitas habilidades, se destacar parece muito difícil — principalmente na internet. Todavia, o marketing pessoal é o caminho para fortalecer sua imagem e fazer com que você consiga aparecer e impactar de maneira positiva.

A sua reputação profissional precisa ser promovida, e o marketing pessoal é capaz de transformar você em uma autoridade na sua área de atuação. Dessa forma, você consegue influenciar pessoas, se conectar com seu público e ter um posicionamento.

Para isso, são usados conceitos, técnicas e ferramentas que criam uma imagem diferenciada, mais influente, autêntica e com boa reputação. Assim, você mostra suas habilidades, experiências e constrói argumentos que colocam você como autoridade.

Sua imagem é o seu cartão de visitas. Por isso, venha conferir 10 dicas de como desenvolver uma estratégia de marketing pessoal!


1. Saiba sua missão, visão e valores

As marcas de sucesso sempre têm missão, visão e valores bem definidos. Esse posicionamento é essencial para que as pessoas percebam quem você é. Esses aspectos mostram o que é importante para você e o que move a sua marca pessoal.

De modo geral, é isso que norteia a estratégia de negócio, seja na produção de conteúdos, na linguagem, os projetos que você se envolve e muito mais. Assim, seus objetivos ficam mais explícitos. Entenda um pouco mais sobre cada um:

  • Missão: o que você quer entregar para os clientes;
  • Visão: o que você pretende fazer e onde você pretende estar em alguns anos;
  • Valores: O que move sua marca e orienta sua postura profissional.

2. Se conheça

O autoconhecimento é muito importante para que você mostre quem é e quais os seus valores. Uma tática interessante para fazer isso é por meio da Matriz SWOT. Dessa forma, você consegue identificar quais são as suas forças, fraquezas, ameaças e oportunidades.

Em outras palavras, você consegue se conhecer melhor e também para descobrir mais sobre a sua concorrência. Esses aspectos são fundamentais para criar um planejamento estratégico mais eficiente. A análise SWOT ajuda a entender o mercado e o que você precisa fazer para melhorar e ampliar seus resultados.


3. Desenvolva a sua marca

Você quer que o seu marketing pessoal seja um sucesso? Então, você precisa investir em branding!
As marcas queridas pelo público precisam ter uma identidade definida, contar uma história e ter um propósito. O verdadeiro valor de uma marca consiste nos diferenciais que ela apresenta, assim como os elementos que a constituem.

O branding é o que faz a sua marca ser reconhecida pelo público. Dessa maneira, você cria uma percepção na mente dos consumidores por meio de seus produtos e serviços. É um planejamento com um conjunto de ações para promover a sua imagem. Portanto, você agrega mais valor por meio da sua personalidade, propósito e voz.


4. Faça networking

Manter contato com profissionais da sua área é uma excelente técnica para reforçar seu marketing pessoal. Existem diversas maneiras de fazer isso, como participar de eventos do setor, conectar-se nas redes sociais, entrar em contato com empresas do seu nicho e outras alternativas.

Fazer networking é fundamental para a sua carreira, uma vez que ativar a sua rede de contatos faz com que você ganhe reconhecimento. A partir disso, as suas conexões passam a gerar mais oportunidades de trabalho.

A troca de experiências e conhecimentos é um meio prático de conhecer novas pessoas. Assim, você encontra mais chances de expandir seus negócios e marketing pessoal com esses relacionamentos.


5. Cuide da sua imagem

Como você quer que as pessoas reconheçam você? Como uma figura de líder? Uma autoridade no seu nicho? Essas são algumas questões levantadas que precisam ser respondidas para que você cuide da sua imagem.

Ter mais visibilidade é o sonho de qualquer profissional, mas as pessoas precisam de uma imagem correta de você. Por isso, posicione-se e cuide para que o público consiga perceber quem você é, o que faz e quais são os valores.


6. Aprenda a persuadir e argumentar

Nem todo mundo sabe como vender o próprio peixe. Nesse sentido, aprender técnicas de persuasão e saber argumentar são características essenciais. Compreender os mecanismos que utilizamos nas tomadas de decisões são capazes de aprimorar suas conversas e melhorar seus argumentos.

Se você tem uma proposta, se posiciona, sabe articular suas ideias e tem convicção no que faz, já estará na metade do caminho para persuadir seu público. Além disso, saber como despertar desejos e atender necessidades também são pontos muito positivos para seu marketing pessoal.


7. Invista em qualificação

Já faz bastante tempo que aprendemos que não podemos parar de aprender nunca, sobretudo quando estamos falando de marketing digital. Sempre há novidades, tendências, ferramentas e estratégias novas.

Dessa forma, deixar de investir em qualificação te deixará para trás e por fora dessas novidades. As capacitações, treinamentos, cursos, palestras e outros tipos de conteúdos são importantes para aperfeiçoar suas habilidades. Além de tudo isso, o aprendizado nunca é demais, certo?

Quanto mais você aprende, mais consegue passar o que sabe para seu público e clientes. Mostrar que você domina os assuntos da sua área fortalecem a sua imagem profissional e, portanto, o seu marketing pessoal.


8. Tenha um posicionamento coerente

A consistência é uma das qualidades mais interessantes no marketing. Desse modo, manter um posicionamento coerente é um fator único para criar uma marca forte. A coerência significa que suas ações e o que você fala estão alinhados.

Manter um padrão de comunicação, utilizar elementos, ter um tom de voz e outras questões estão envolvidas no posicionamento. Ao adotar esses quesitos, você terá uma imagem diferenciada e humaniza a percepção que as pessoas têm de você.

Por isso, a coerência é algo primordial para o marketing pessoal. Ter reconhecimento pela consistência e posicionamento no mercado são vantagens que podem te levar mais longe!


9. Tenha autenticidade

O marketing pessoal tem tudo a ver com autenticidade. As suas características pessoais fazem com que você seja único, seja no jeito de se expressar, de se vestir ou outros aspectos específicos que fazem parte da sua personalidade.

Esse toque de personalidade pode ser um grande diferencial e é o que falta para que você ganhe mais destaque. Ou seja, o marketing pessoal depende muito da sua autenticidade.


10. Envolva-se em projetos interessantes

Em meio a tantos profissionais qualificados e com trabalhos interessantes, como se sobressair? Essa é uma pergunta comum, mas que tem uma resposta simples: faça parte de projetos que tenham a ver com você e com o seu propósito.

Quando você trabalha em ações da sua área e participa de projetos, há ganho de experiência, networking e também é uma oportunidade para divulgar seu trabalho. Um combo completo para seu marketing pessoal!

Todas essas dicas são válidas para que você consiga transmitir os seus ideais e a missão de trabalho. Além disso, a internet é um espaço incrível para seu marketing pessoal, sobretudo as redes sociais (LinkedIn, Instagram, Facebook e outras). Portanto, aproveite esses canais e crie o seu perfil profissional para transmitir quem você é e o que faz.

E-book Gratuito
Como Criar Seu Negócio Online do Zero! Passo a Passo.

 

Este livro digital já foi baixado por mais de 1 milhão de pessoas. É o ponto de partida de centenas de histórias de sucesso na internet.
 
Nele você aprende em detalhes o que funciona hoje para ter seu negócio online, mesmo que você seja iniciante e não tenha conhecimento nenhum. 
100% livre de spam.

Você Leia também: também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário




Seja o primeiro a comentar!

UM ROBÔ QUE FAZ VENDAS PARA VOCÊ ENQUANTO DORME

NÃO SAIA SEM VER ISSO OU VOCÊ VAI PERDER A MAIOR OPORTUNIDADE DA SUA VIDA!!

AGORA VOCÊ PODE ALAVANCAR AS SUAS VENDAS OU COMEÇAR UM NEGÓCIO DO ZERO NA INTERNET

ATRAVÉS DE UM ROBÔ DE VENDAS QUE JÁ ESTÁ PRONTO PARA USAR

MESMO QUE VOCÊ NÃO TENHA UM PRODUTO.