4 Exemplos de Storytelling para se Inspirar e Usar para Vender seus Produtos

Tempo de leitura: 19 min

Escrito por Cristian Pessoa - Marketing PRÓ Afiliado

O storytelling serve como uma ferramenta muito poderosa para aumentar as conversões leads e vendas.

Porém, como qualquer outro recurso potente, é necessário ter o conhecimento necessário para gerar os resultados que esperamos.

O storytelling se torna poderoso porque ele faz com que mais pessoas se importem com a sua marca, ficando mais fácil convertê-las em clientes.

Isso é crucial para qualquer negócio pela questão da concorrência, onde a luta pela atenção da audiência é muito concorrida. Utilize o storytelling para ganhar vantagem nesse quesito.

Para ter sucesso com o uso do storytelling, é de extrema importância que você o aplique de forma estratégica levando em consideração as características e motivações do seu público-alvo.

como aumentar as conversões

Só para explicar melhor, somente conhecendo um pouco mais sobre essas pessoas que vão consumir o seu storytelling, será possível desenvolver histórias que captem a atenção dessas pessoas.

Em resumo, o storytelling é um método muito poderoso para o aumento dos seus resultados porque ele pode ser decisivo para as suas conversões.

Captar mais Leads, direcionar mais pessoas pro seu negócio, fazê-los tomar algumas ações como uma compra por exemplo, etc.

Mas antes de continuar, quero te fazer algumas perguntas!!

Você está cansado de tentar fazer uma venda e não conseguir? Ou está cheio de contas para pagar mas não sabe de onde vai conseguir o dinheiro? Ou até está se perguntando como irá comprar a comida da próxima semana?

Então se você quer fazer sua 1° venda, ou até mesmo fazer várias vendas por dia quase no automático, eu trouxe a solução que muitos “especialistas do Marketing” escondem de você!

Essa solução se chama Robô Afiliado!

Veja esse vídeo e clique no botão abaixo para ter a ferramenta que mais vende no Marketing Digital!

Sem brincadeira! Esse Robô me fez sair de zero vendas para faturar mais de 100 mil reais por mês em apenas 8 meses, e o melhor, no piloto automático!!

Tá esperando o que? Não deixe mais uma oportunidade passar direto por você!

Chegou a hora de mudar de vida e conquistar seus sonhos!!

Storytelling para Negócios

 Como aplicar o storytelling ao seu negócio

As histórias tem o poder de fazer com que aconteça uma conexão com a pessoa que está ouvindo/lendo.

Você já percebeu que quando uma pessoa está contando uma história as pessoas tendem a ficar mais atenciosas com oque está sendo falado?

Isso acontece porque as pessoas começam a imaginar as cenas da história acontecendo em sua mente, dúvidas começam a aparecer, o porque de algo ter acontecido, etc.

Tudo isso contribui com a conexão de uma pessoa para a outra.

Em resumo, contar histórias é uma forte habilidade de negócios e pode fazê-lo ir do ponto A para o B, trazendo resultados muito bons.

Com o storytelling é possível melhorar a lealdade do cliente, traçar uma estratégia de marketing considerável e disparar o lucro do seu negócio.

 

Por que contar histórias é importante nos negócios?

1. Desenvolvimento de negócios

Quando uma nova idéia surge para o seu negócio, com certeza há uma história por trás, no desenvolvimento de um novo tipo de item ou no próprio crescimento do negócio.

Contar a história de um novo produto seu ou de quais são os fatores que fazem o seu negócio andar crescendo todos os dias, faz que com seu público se torne mais íntimo do porque as coisas que você oferece a eles tem um valor único e que vai fazer algum tipo de diferença.

Qualquer tipo de produto resolve algum problema.

Um protetor labial resolve o problema de alguém que está se sentindo insatisfeito com o ressecamento dos seus lábios e isso está afetando a sua auto estima.

Um curso de como ganhar dinheiro online resolve o problema de quem está enfrentando dificuldades financeiras ou que não tenha mais a paciência de lidar com chefes insuportáveis.

Usar a narrativa dessa forma vai fazer com que o público crie uma conexão e tenha segurança com você e com sua marca.

 

2. Uma história tem um impacto mais forte em seu público

Como dito antes, a história gera um sentimento de identificação e conexão nas pessoas que estão ouvindo a história que está sendo contada.

O banco itaú criou um personagem que sempre estava com problemas financeiros…

O público se identifica com o personagem criando uma identificação muito grande e gerando uma conexão forte com ele, pois ele passa pelos mesmos problemas.

No final da história, o personagem é aconselhado a criar hábitos melhores com o seu dinheiro para resolver esses obstáculos.

Agora me diga, isso não é 1000x mais interessante do que insistir para que uma pessoa compre algum produto/serviço para resolver os seus problemas?

Agora veja alguns pontos importantes que o Storyteller precisa saber:

  • O que falar?
  • Com quem falar?
  • Por que falar?
  • Onde falar?
  • Quando falar?
  • Como falar?

Veja também alguns pontos primordiais que você deve evitar na sua história:

  • informações desnecessárias ao andamento da narrativa;
  • Personagens genéricos e rasos;
  • Priorize por contar histórias que inspirem o público;
  • Para envolver e engajar o público, não seja muito direto ao apresentar a história. Mas também evite demorar muito.

 

Storytelling para Vendas

como usar storytelling para vender?

O uso de storytelling nas suas abordagens de vendas incluem:

Capturar a atenção do público com uma narrativa envolvente.

Gerar mais interesse em seu produto ou serviço.

Tornar os dados mais significativos e memoráveis, conectando-os com situações reais.

Ganhar a confiança do seu cliente em potencial. Uma ótima história pode levar à liberação de ocitocina, o que cria um vínculo mais profundo entre quem conta a história e o público.

Motivar seu cliente em potencial a tomar uma ação específica, demonstrando os resultados positivos dessa ação.

Contar histórias leva tempo e prática. Os vendedores que desejam vender mais precisam entender os elementos de uma boa narrativa.

 

1. Faça do cliente, o herói

Ao invés de fazer como muitas pessoas de fazer o próprio produto/serviço como herói da história, faça o herói ser seu cliente.

O seu produto deve vir como um apoio para ele resolver algum tipo de problema.

Se concentre em fazer toda a glória voltada para o herói e o seu produto apenas como uma ferramenta que vai auxiliá-lo.

 

2. Seja divertido, mas mantenha-se relevante

Você precisa sim utilizar alguns métodos para fazer da sua história algo mais leve e divertido…

Porém, deve fazer isso simultaneamente com a prática de contar uma história que aborde todos os pontos fracos e desafios que a sua persona passa para o seu produto servir como uma carapuça.

Quanto mais você entender sobre a persona que vai consumir o seu storytelling, mais facil será de criar algo redirecionado para essa pessoa.

Portanto, busque ser divertido, porém mantenha-se relevante para abordar os principais tópicos da história.

 

3. Tenha um claro senso de propósito

Defina qual será o sentido da sua história. Sua resposta deve ser rápida, concisa e fácil de ser lembrada em qualquer momento.

Fazendo o contrário disso, o seu Lead não terá uma breve compreensão sobre a sua apresentação.

Só para exemplificar, o seu objetivo pode ser dar um empurrão no seu Lead para que ele escolha um plano específico ou você pode estar querendo que ele solicite uma demo para que possa ver o quão incrível o seu produto é.

Portanto, você precisa identificar qual será o principal objetivo do storytelling para poder personalizá-lo com base no seu objetivo.

 

4. Construa uma história pessoal e real

A narrativa deve incluir detalhes sobre os personagens para torná-los mais humanos enfrentando problemas reais.

Uma idéia para fazer isso é citar na sua história um caso real de um cliente seu que enfrentou os mesmos problemas que o seu Lead está passando.

 

5. Siga uma linha mais solta mas com início, meio e fim

Para ser fácil de acompanhar, sua história deve ter uma estrutura básica com início, meio e fim.

Antes de tudo, faça uma introdução sobre os personagens, o ambiente que eles se encontram… até uma pequena amostra dos problemas que serão enfrentados é interessante.

No caso de uma boa história de vendas, sua conclusão deve estabelecer uma conexão entre o seu produto e a solução. Esta é sua chance de demonstrar como o seu produto pode ajudar o lead a sair como herói resolvendo o problema que está enfrentando.

 

6. Suspense e drama caem bem

As melhores histórias atraem o público com suspense, drama e conflito – filmes e séries são um exemplo disso. No caso das séries, você sempre vai querer ver o próximo episódio porque algo não foi definitivamente finalizado no episódio que você acabou de ver.

Isso é bem importante porque se o problema do personagem for resolvido de forma muito facil, quem está consumindo a história vai ficar entediado e esquecerá rapidamente aquilo que você contou.

Em vez disso, defina as dificuldades do personagem, insinue que talvez eles não atinjam seus objetivos e descreva um grande conflito sofrido. Uma vez que o conflito tenha sido estabelecido e prolongado para o suspense, apresente o seu produto ou serviço como a solução definitiva que ajuda o herói a salvar a mocinha.

 

Storytelling para Copywriters

 COPYWRITING E STORYTELLING DIFERENÇA

1. Saiba tudo sobre a história que vai criar

O ponto de partida é para fazer um bom storytelling é definir qual é a história que você vai contar. Portanto, pense muito nos personagens e antes de começar a por a mão na massa, tenha em mãos tudo que vai acontecer durante a história.

Um exemplo: utilizar uma avó que faz bolinhos de chuva para falar sobre uma empresa que produz doce de leite.

Mas lembre-se que tudo depende do seu público-alvo.

 

2. Aposte nos conflitos e desperte emoções

O conflito é o centro de qualquer narrativa. Uma história sem conflito terá grandes dificuldades de despertar emoção em quem a lê, vê ou ouve, por isso esse ponto é tão necessário.

No entanto, ele não precisa ser entendido obrigatoriamente como uma briga com um vilão ou uma morte, e sim como algo que precisa ser resolvido.

No caso de uma copy para vendas, por exemplo, o conflito pode ser repassado para o possível comprador, a fim de que ele resolva a questão e torne-se o “personagem”.

 

3. Sua história vende seu produto?

Ok. Você criou uma história que você julga ser uma verdadeira obra prima. Agora pense: ela vende o seu produto?

Uma boa maneira de entender se o storytelling está eficiente é colocar no papel os problemas que seu cliente deseja resolver e o que o seu produto pode fazê-lo alcançar.

Sua história faria com que um potencial cliente chegasse de um ponto a outro? Então você tem uma bela peça nas mãos!

 

Storytelling no Instagram

Personagens complexos: mostre um pouco da personalidade de cada um dos envolvidos no projeto da empresa.

Conflitos: empreender não é fácil. Compartilhe alguns dos principais desafios e obstáculos já superados, e tudo o que sua equipe precisou fazer para chegar até onde está.

Desejos: qual é a ambição da sua marca? Qual é a missão dela, o resultado final que espera entregar ao mundo? Deixe a resposta clara.

 

Storytelling no Marketing

Esse recurso pode proporcionar uma mudança significativa nos negócios e boas oportunidades para a empresa.

Ações positivas favorecem uma aproximação com o público. A mensagem passada deve ser personalizada para garantir o relacionamento.

  • Ao contar histórias, garante vantagens positivas ao marketing digital, como:
  • Aumento de engajamento;
  • Aproximação da marca com o cliente;
  • Estabelecimento de conexões;
  • Influência na vida de outras pessoas;
  • Estabelecimento de uma audiência fiel à sua marca;
  • Promoção de reconhecimento de uma fonte de inspiração;
  • Memorização e reconhecimento do seu negócio.

 

Exemplos de Histórias (Storytelling)

storytelling exemplos publicidade

Antes de mais nada, eu gostaria de dizer que todos os exemplos de storytelling citados abaixo foram retirados de um Artigo sobre Storytelling do Blog: https://vooozer.com/pt/blog/

Um blog feito para você que quer aprender assuntos como esse sem cansaço algum de ficar lendo linhas e linhas de palavras.

Eles utilizam um método bastante atrativo e que entretém o usuário para que ele continue lendo sem ver o tempo passar.

Vamos para os Exemplos?

 

Spotify (Storytelling)

O Spotify coleta dados contínuos sobre quais músicas, playlists e artistas seus 30 milhões de usuários selecionam. E esses dados resultam em bons exemplos de storytelling como você vai ver.

O serviço de streaming de música combina essas informações com os dados de localização dos ouvintes e dados demográficos, usando-os para criar conteúdo original.

No final de 2017, o Spotify espalhou outdoors pela cidade de Londres com chamadas espirituosas para a campanha que intitulou de ‘Goals 2018’ (Objetivos de 2018).

As frases serviam como resoluções cômicas de Ano Novo – usando os hábitos dos ouvintes do Spotify em 2017 para sugerir com humor estratégias para lidar com a vida em 2018.

 

Google (Storytelling)

Os vídeos “Ano em Pesquisa” do Google também são ótimos exemplos de storytelling. Eles são divulgados anualmente, usando seus dados para comunicar os termos mais pesquisados, oferecendo uma perspectiva de “estado da nação”.

Em 2016, o filme de dois minutos analisou as principais pesquisas, mostrando imagens dos momentos cruciais do ano – tanto alegres como trágicas.

Nos testes, a resposta do espectador mostrou-se “extremamente positiva”, e o vídeo ficou entre os 1% de todos os anúncios testados em 2016. Foi também a terceira maior pontuação de quase 700 anúncios de tecnologia testados.

O Google consegue evocar uma grande variedade de emoções dos espectadores, explorando eventos que tocaram a todos de alguma forma, usando dados para identificar exatamente quais tópicos e eventos envolveram seu público.

 

Huggies (Storytelling)

O braço canadense da marca de fraldas, Huggies, sabia que para competir com a Pampers (a líder de mercado que, na época, tinha 100% dos contratos hospitalares canadenses), eles precisavam fornecer uma razão tangível e emocional para as mães escolhê-los antes de chegar ao hospital para dar à luz.

A resposta acabou por ser o próprio nome da marca: hugs – em português, abraços.

Enraizada em mais de 600 estudos que provaram que os abraços “ajudam a estabilizar os sinais vitais dos bebês, constroem sistemas imunológicos, afastam doenças e melhoram o desenvolvimento do cérebro”, a marca partiu em uma missão para não deixar nenhum bebê sem abraço.

A campanha dependia de duas iniciativas:

Educar as mães sobre a importância do contato pele a pele com seus bebês.

Assegure-se de que os hospitais canadenses tenham voluntários “disponíveis” para bebês que precisam de abraços.

Com as vendas subindo 30% em 2016 e uma taxa de engajamento 300% maior do que os benchmarks da indústria, essa campanha filantrópica prova o poder de usar dados para contar uma história que ressoa.

 

Melhores Livros de Storytelling

melhores livros sobre narrativa

O Herói de Mil Faces

Sinopse: O Herói de Mil Faces – um herói vindo do mundo cotidiano se aventura numa região de prodígios sobrenaturais; ali encontra fabulosas forças e obtém uma vitória decisiva; o herói retorna de sua misteriosa aventura com o poder de trazer benefícios aos seus semelhantes.

 

Storytelling – A Magia das Palavras

Sinopse: Storytelling a Magia das Palavras, livro aparentemente infantil, contém uma lição importante para sobreviver numa empresa:

Para passar o dia sentado, sem fazer absolutamente nada… é preciso estar sentado muito alto! E, para isso, é preciso saber escalar e sobreviver na fauna empresarial.

Mas como?

Como alcançar o sucesso e evitar o fracasso?

Como sentir-se seguro numa empresa?

Como ser valorizado?

Como motivar, como sentir-se motivado?

Como convencer os outros de que se é merecedor?

Através das fábulas, podemos dar resposta a estas e a outras perguntas…

Porque, desde sempre, as fábulas têm sido um valioso instrumento para transmitir conceitos importantes a uma equipe de trabalho, e também para refletir individualmente sobre os comportamentos que nos aproximam ou afastam do sucesso.

 

Histórias que meu chefe nunca me contou

É perfeitamente capaz de aceitar a mudança?

De se adaptar a novas circunstâncias sem a mínima queixa?

Entende a perspetiva dos outros sem esforço?

É capaz de criar o consenso à sua volta espontaneamente?

Motiva e inspira sempre os seus colaboradores a darem o seu melhor, sem nunca falharem?

Então… este livro não é para si!

Se, contudo, sente que poderia ainda aprender alguma coisa acerca da motivação, da dinamização e da otimização de competências, este livro pode ajudá-lo.

Recorrendo ao storytelling, uma reconhecida ferramenta de gestão e formação, com efeitos comprovados a nível da motivação, comunicação, eficácia e sentido de segurança dos colaboradores.

Muitas vezes, aquilo que uma longa e elaborada explicação não consegue alcançar, pode ser obtido simplesmente… contando uma história!

Ao longo destas páginas, Juan Mateo, autor, formador e conferencista de renome internacional, partilha com os leitores algumas das narrativas que lhe permitiram ajudar profissionais das mais diversas áreas ao longo da sua carreira.

Estes contos, anedotas e lendas vão permitir-lhe descobrir como dar o seu melhor – e levar os outros a fazê-lo também!

 

A Arte da Guerra: no Storytelling

Sinopse: A Arte da Guerra: no Storytelling é um livro dirigido não só a marketeers, gestores ou escritores, mas sobretudo, um alerta ao leigo que, em pleno século XXI, acredita que poder permanecer alienado ao poder que as histórias têm sobre si e a sociedade.

Vivemos num mundo em que a interpretação dos factos – histórias – são mais importantes do que os factos em si, e essas histórias mexem com as nossas emoções, alterando-as, levando-nos a alterar as nossas ações, os nossos desejos, o nosso julgamento do que seria saúde, felicidade e sucesso na vida.

Se pretende tomar a rédeas da sua vida, esta síntese sobre o Storytelling oferece um roteiro claro e preciso.

O autor ajuda milhares de pessoas a desenvolver a sua criatividade, capacidades e potencial, a vencer as batalhas diárias, das menores às maiores, através desta poderosa arma: o Storytelling.

 

Storytelling: Histórias que Deixam Marca

Sinopse: Storytelling: Histórias Que Deixam Marcas, aborda a importância do storytelling (saber contar uma boa história) e o quanto o capital emocional faz parte em diferenciar sua empresa na comunicação com o público.

Com referência à grandes autores da área de comunicação e marketing, Adilson Xavier trata do conceito de storytelling, dá dicas de como melhorar a narrativa e ainda apresenta casos de sucesso que empregaram a técnica.

 

A Jornada do Herói – JOSEPH CAMPBELL

Sinopse: A Jornada do Herói foi criado por Joseph Campbell, estudioso norte-americano de mitologia e religião comparada. Neste conceito Campbell cria um modelo de como seria o passo a passo do percurso de transformação do homem comum em herói, com todas as provações que surgem no meio do caminho.

 

Desvendando os Quadrinhos – SCOTT MCCLOUD

Sinopse: Desvendando os Quadrinhos ao longo das 266 páginas, todas em forma de história em quadrinhos, o autor leva o leitor ao (como ele mesmo batiza) Mundo dos Quadrinhos e todas as suas variedades. E se engana quem pensa que a viagem começa com o Yellow Kid… ela se inicia nas civilizações pré-históricas e suas artes rupestres.

 

Manual do Roteiro

Sinopse: Manual do roteiro é, na visão da crítica especializada, um dos mais extraordinários livros sobre a arte da escrita. E não apenas porque detalha todos os aspectos importantes do texto cinematográfico, mas principalmente porque sua abordagem estrutural serve também para criações literárias e teatrais.

 

A Linguagem das Emoções

Sinopse: A Linguagem das Emoções diz sobre o controle das nossas emoções que não é algo que aprendemos rapidamente. … Ele fala sobre tristeza, angústia, raiva, medo, surpresa, aversão, desprezo, emoções agradáveis entre outras coisas, e ainda te possibilita testar seus conhecimentos com um teste que vem no final do livro.

 

Storytelling: 08 Ferramentas Digitais

ferramentas gratuitas para storytelling

Pixton

O Pixton é uma ferramenta online que permite a criação de histórias em quadrinhos. Possui uma grande variedade de cenários, objetos e personagens.

 

Scribble Press

O Scribble Press permite a criação de histórias com mais de 300 ferramentas de desenho, backgrounds, stickers e estampas criativas. Seu diferencial é o foco em dispositivos móveis, especialmente tablets, onde todos os recursos podem ser aproveitados.

 

UTellStory

O UTellStory é uma plataforma online que permite contar e compartilhar histórias com fotos, vídeos, áudio e animações. … Além disso, cada gravação pode receber comentários em formato de vídeo, imagem, áudio e texto.

 

Meograph

Meograph é uma ferramenta digital recentemente lançada para contarmos histórias baseadas na localização através de mapas, linha do tempo, texto e mídias como imagens, vídeos e narrações.

 

ZooBurst

O ZooBurst é uma ferramenta de storytelling (literalmente, “contar histórias”) digital que permite que qualquer pessoa crie facilmente os seus próprios livros pop-up, em 3D, fazendo o upload de fotos e adicionando textos.

 

StoryKit

O StoryKit permite que você faça um conteúdo interativo com facilidade e rapidez. Você só precisa ter uma boa história, criatividade e pronto! Suas histórias terá imagens, sons e animações para melhorar ainda mais a experiência de storytelling.

 

Storybird

O Storybird é uma ferramenta online que permite criar histórias em formato de livro digital, de forma individual ou colaborativa, que podem depois ser publicadas.

 

30Hands

30hands é um aplicativo colaborativo em que várias pessoas podem juntas escrever e criar histórias com imagens, textos, áudio e animações.

 

Conclusão.

Caso você tenha ficado com alguma dúvida sobre essa prática, deixe aqui nos comentários que vamos te responder o mais rápido possível.

Nós da Marketing PRÓ Afiliado trabalhamos para que você consiga ter uma melhora de vida na área profissional e pessoal…

Por isso, é muito importante que você deixe o seu feedback para nos falar sobre oque está achando dos nossos conteúdos.

Em resumo, vamos tentar melhorar cada dia mais para te ajudar no que pudermos.

 

Me siga no meu Instagram @cristianpessoamkt e aproveite meus conteúdos por lá também! Tem sempre novidades e você pode se inspirar para crescer o seu Instagram e aumentar suas vendas!

Compartilhe o Aplicativo com os seus amigos para me ajudar a crescer cada vez mais e trazer conteúdos ainda melhores para você.

Quer saber como acelerar o seu negócio através da internet? CLIQUE AQUI e assista ao vídeo que transformou minha vida e me fez ter a liberdade de viajar quando eu quiser, ajudar os meus pais e principalmente, realizar meus sonhos!.

E-book Gratuito
Como Criar Seu Negócio Online do Zero! Passo a Passo.

 

Este livro digital já foi baixado por mais de 1 milhão de pessoas. É o ponto de partida de centenas de histórias de sucesso na internet.
 
Nele você aprende em detalhes o que funciona hoje para ter seu negócio online, mesmo que você seja iniciante e não tenha conhecimento nenhum. 
100% livre de spam.

Você Leia também: também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário




Seja o primeiro a comentar!

UM ROBÔ QUE FAZ VENDAS PARA VOCÊ ENQUANTO DORME

NÃO SAIA SEM VER ISSO OU VOCÊ VAI PERDER A MAIOR OPORTUNIDADE DA SUA VIDA!!

AGORA VOCÊ PODE ALAVANCAR AS SUAS VENDAS OU COMEÇAR UM NEGÓCIO DO ZERO NA INTERNET

ATRAVÉS DE UM ROBÔ DE VENDAS QUE JÁ ESTÁ PRONTO PARA USAR

MESMO QUE VOCÊ NÃO TENHA UM PRODUTO.