Landing Page: o que é e como criar uma página que converte

Tempo de leitura: 19 min

Escrito por Cristian Pessoa - Marketing PRÓ Afiliado


Landing Page, conhecida também como página de destino ou de aterrissagem, é uma página criada com o propósito de converter visitantes em leads, oportunidades ou clientes. Essas conversões são feitas através do preenchimento de um formulário, que pode resultar em outras ações, como o download de um conteúdo, uma conversa com um consultor ou até mesmo realizar uma venda.

Já clicou em alguma oferta e foi direcionado para uma página de conversão disponibilizando mais informações sobre determinado assunto em troca do preenchimento dos dados de um formulário de contato? 

Essa página é uma landing page, conhecida também como página de destino ou de aterrissagem. O seu objetivo principal é atrair as pessoas certas através de canais digitais — como sites ou blogs —, fazendo com que elas desejem consumir ainda mais os seus conteúdos e, assim, caminhem pelo funil até se tornarem clientes.

Essencial para as estratégias de captação de leads, uma landing page também pode ser utilizada por empresas que queiram aumentar a sua presença digital, sem a necessidade de ter um site completo.

Para que você entenda a importância de uma página de destino e saiba como utilizá-la para aumentar as vendas de um negócio, preparamos este post com dicas de como criar uma landing page de sucesso, destacando os elementos e habilidades de persuasão que convertem mais. 

Vamos lá?

Mas antes de continuar, quero te fazer algumas perguntas!!

Você está cansado de tentar fazer uma venda e não conseguir? Ou está cheio de contas para pagar mas não sabe de onde vai conseguir o dinheiro? Ou até está se perguntando como irá comprar a comida da próxima semana?

Pensando nisso eu trouxe a solução que muitos “especialistas do Marketing” escondem de você!

Essa solução se chama Robô Afiliado!

Veja esse vídeo e clique no botão abaixo para ter a ferramenta que mais vende no Marketing Digital!

Sem brincadeira! Esse Robô me fez sair de zero vendas para faturar mais de 100 mil reais por mês em apenas 8 meses, e o melhor, no piloto automático!!

Tá esperando o que? Não deixe mais uma oportunidade passar direto por você!

Chegou a hora de mudar de vida e conquistar seus sonhos!!

O que é uma Landing Page?

Traduzindo do inglês, landing page significa “página de aterrissagem”, ao pé da letra, ou “página de destino” dentro do contexto de marketing digital. É uma página criada com o objetivo de apresentar uma oferta aos usuários e converter visitantes em leads — potenciais compradores que passam a integrar a base de contatos da empresa. 

Vinculadas a uma empresa, as landing pages não são páginas do site, podendo, inclusive, apresentar um layout completamente diferente do site institucional. Isso porque essas páginas costumam ter menos elementos que uma página convencional, buscando conseguir converter o usuário, incentivando-o a cumprir uma ação dentro do site, que pode ser:

  • apresentar um novo produto ou serviço;
  • compartilhar uma oferta;
  • oferecer um conteúdo relevante (e-books, infográficos, planilhas, templates, etc);
  • um código ou cupom de desconto;
  • um simulador ou oportunidade de testar uma ferramenta gratuitamente;
  • agendamento de uma demonstração de produtos ou serviços.

Em resumo, o seu objetivo principal é fazer com que os usuários passem de simples visitantes a oportunidades de negócio. Logo, só há uma ação para ser realizada em uma página destino e o pouco conteúdo textual da página será estrategicamente escrito para convencer a efetuar essa ação.

Para que serve uma Landing Page?

Como já falamos, uma landing page tem como objetivo gerar novos leads, oportunidades ou clientes, pois se trata de uma página atrativa e focada na conversão do usuário.  

A estratégia de landing page vai na mesma direção e possui o mesmo foco pelo qual a maioria das empresas se baseiam para desenvolver estratégias de sucesso: os compradores tendem a valorizar as marcas que lhes proporcionem mais do que apenas produtos ou serviços, mas sim experiências únicas e com valor agregado.

Ela funciona como elemento-chave para a troca de informações valiosas entre o visitante do site e a empresa. Isto é, ao preencher uma landing page com as suas informações de contato, aquele usuário se torna um lead e, como consequência, a empresa passa a disponibilizar um conteúdo de qualidade ou outra oferta de interesse.

Isso contribui de maneira direta no aumento das visitas de um site, na chance de possíveis clientes e no aumento dos lucros da empresa. Por ser uma página objetiva, bem estruturada e com um ganho real para o usuário, a landing page possui uma taxa de conversão muito maior do que outros tipos de estratégia.

Além disso, ela proporciona maior capacidade de vendas e permite à empresa avaliar a sua performance de acordo com a sua taxa de conversão e também ampliar a possibilidade de as pessoas encontrarem o seu site e, consequentemente, seu negócio, através dos buscadores.

Uma landing page serve, ainda, para ajudar a segmentar os contatos de acordo com a área de interesse de cada um, conhecer e entender melhor as expectativas de possíveis clientes, entregar ao usuário um conteúdo rico e que pode auxiliar a solucionar um problema, entre outros aspectos.

Quais são os principais tipos de uma Landing Page?

Existem 4 tipos principais de páginas de aterrissagem e, a seguir, você conhecerá as principais características de cada formato. Continue a leitura e confira!

Página de captura

Esse formato de landing page é voltado exclusivamente para capturar dados de contato de clientes em potencial.

Normalmente, em uma página de captura, é solicitado apenas o nome, o telefone e o e-mail do visitante em troca de um material relevante para o usuário. Neste formato de landing page, é possível oferecer:

  • webinars;
  • e-books;
  • planilhas;
  • videoaulas;
  • infográficos;
  • kits com estes elementos todos juntos.

Para acessar o material, o visitante precisa apenas preencher as informações solicitadas no formulário da página de captura.

Quando a sua oferta tem um nível maior de valor para o lead, é possível solicitar mais informações para trabalhar de forma ainda mais direta e objetiva. No entanto, foque em dados de extrema importância para o seu negócio. 

Página de Agradecimento

Como o próprio nome já diz, esta é uma página que tem como objetivo agradecer o usuário por ter realizado uma ação. Conhecida também como “thank you page”, ela serve para finalizar uma conversão.

Para isso, ela indica ao lead que a ação executada foi concluída com sucesso e pode sugerir o próximo passo a ser tomado.

O que muita gente ainda não sabe é que essa página é uma excelente oportunidade para seguir oferecendo outros conteúdos relacionados e de interesse do usuário. 

Exemplo: se o lead baixou um e-book básico sobre vendas, você pode recomendar logo em seguida um e-book intermediário que complemente a sua leitura. Você pode, também, recomendar uma série de artigos que abordam o assunto ou simplesmente convidá-lo a seguir suas redes sociais ou assinar a sua newsletter para receber outros conteúdos exclusivos. 

Página de confirmação pendente

Esta página é utilizada quando é necessário confirmar e concluir um cadastro. Normalmente, a página de confirmação pendente ganha destaque quando alguém acessa um determinado site e deseja obter algum conteúdo ou serviço, realizando um cadastro prévio. 

Assim, um e-mail é direcionado a esse usuário para que o seu contato seja confirmado. A função dessa página é orientar o usuário sobre os próximos passos que ele deve seguir para concluir o processo de cadastro ou acessar a recompensa que foi prometida.

A página deve ser a mais simples possível. É fundamental que as orientações passadas aos usuários sejam claras para evitar que pessoas utilizem e-mails falsos apenas para acessar as recompensas.

Página de vendas

Como o nome já sugere, uma página de vendas apresenta um determinado produto ou serviço em um modelo de oferta. Para convencer o visitante a fechar uma compra, ela deve listar todos os benefícios da oferta, deixando claro como ela poderá sanar todos os problemas do usuário.

Depoimentos de clientes e uma seção de perguntas frequentes são boas táticas de convencimento. Todos esses recursos servem para guiar o usuário até a página de pagamento, onde ele finaliza a compra.

A seguir, você aprenderá como construir uma landing page de sucesso, levando em consideração todos os elementos necessários para a conversão.

Como criar uma Landing Page que converte?

Uma landing page pode cumprir diferentes objetivos dentro de uma estratégia de marketing digital. 

Antes de criar a sua, é preciso que você defina o objetivo da página e planeje bem o seu conteúdo. Você vai precisar escolher a ferramenta mais adequada à sua necessidade criativa e seguir a estrutura considerada ideal. 

Para ajudar você nessa missão, separamos as principais etapas necessárias para criar uma landing page que realmente converta e logo abaixo dicas de ferramentas que ajudarão neste processo. Acompanhe!

Oferta

As pessoas não vão simplesmente entrar em uma página do seu site ou blog e começar a preencher formulários com informações pessoais, não é mesmo?

É preciso disponibilizar uma oferta que gere valor para quem visita a página em questão. Um conteúdo que elas encontrariam facilmente em algum blog ou redes sociais, por exemplo, não é uma boa opção.

É preciso ser criativo e entender quem é a sua persona e quais são as dores e necessidades dela. Com isso, você terá diversos insights de ofertas que podem realmente encantá-la a ponto de preencher um formulário para ter acesso ao que você disponibiliza.

Título e subtítulo

Você sabia que de dez pessoas que chegam a uma página, oito delas leem o cabeçalho, mas apenas 20% dos visitantes chegam até o fim da página?

Isso nos mostra que ter um bom título e subtítulo é essencial para despertar o interesse do visitante e mantê-lo interessado na sua oferta até o final. Para isso, vá direto ao ponto e capte a atenção do seu leitor.

No título, exponha a proposta de valor e os benefícios da sua oferta, incitando também a sua curiosidade. No subtítulo, inclua, de forma resumida, as informações extras e relevantes que podem influenciar a tomada de decisão do visitante, convencendo-o a preencher o seu formulário e obter a sua oferta.

Imagem

A escolha de uma imagem de qualidade é fundamental para a compreensão da oferta de valor para os usuários. 

No entanto, ela não deve ser genérica, de forma que prejudique a proposta. Evite imagens de bancos gratuitos que já foram muito utilizadas, pois podem atrapalhar os seus resultados finais.

Se preferir, em vez da imagem, é possível utilizar também um vídeo explicativo sobre o material de interesse, de forma que apresente a oferta de forma didática e de simples compreensão. Essa também é uma excelente estratégia para poupar tempo de leitura.

Descrição

O conteúdo da descrição deve eliminar todas as possíveis dúvidas que ainda possam restar. O seu objetivo principal é ajudar a vender a oferta, alinhando expectativas. 

Usar bullet points, destacar termos relevantes em negrito e escrever conteúdos curtos e de fácil entendimento são algumas das práticas recomendáveis a seguir neste tópico.

Formulário

É aqui onde o objetivo da landing page acontece: a conversão. 

Ao construir o formulário, solicite as informações que você realmente vai precisar para converter leads em oportunidades e clientes. Lembre-se, o excesso de informações pode fazer com que eles desistam do processo e acabem saindo da sua página, antes mesmo de realizar a conversão.

Para atrair o visitante ao formulário, desenvolva uma boa chamada para ação (CTA), que convença o usuário a se cadastrar em algo que ele sabe pouco a respeito, mas que pode sanar as suas necessidades.

CTA

Falamos acima sobre a importância de desenvolver uma boa chamada para ação (CTAs, conhecidos também como calls to action). 

Eles são aqueles botões ou texto que convidam a pessoa a realizar uma ação, geralmente com frases no imperativo.

  • Baixe agora;
  • Faça sua simulação;
  • Acesse o conteúdo;
  • Receba o material;
  • Agende sua consultoria;
  • Fale com um especialista.

É fundamental que o CTA seja claro, objetivo e que ajude o visitante a entender qual ação ele está realizando e, ao mesmo tempo, o convite para realizá-la.

Validação social

Os usuários confiam em outras pessoas e nas experiências que elas têm a relatar, o que significa que quando escutam de um amigo ou de um consumidor sobre um produto ou marca, eles são mais propensos a realizar uma ação.

Trabalhar com a validação social da oferta, principalmente no que diz respeito a produtos e serviços, é essencial em uma página de destino.

A dica, aqui, é incluir um depoimento de quem já comprou o seu produto ou está satisfeito com a sua oferta, compartilhando a experiência, mostrando como a sua oferta solucionou um problema, dor ou necessidade.

Gatilhos mentais

Existe uma série de gatilhos mentais que são frequentemente usados em páginas de conversão, como:

  • urgência — caso falte pouco tempo para a sua oferta encerrar;
  • exclusividade — se você for um dos poucos a ter acesso ao benefício da oferta;
  • escassez — no caso de estoque do produto físico.

Tudo isso tende a funcionar e levar o usuário à compra por impulso. E tudo bem incentivar a compra desta forma se você confia que o seu produto pode realmente transformar a vida de alguém.

Outros elementos

Nos tópicos anteriores você conferiu os elementos essenciais que toda landing page deve ter. 

No entanto, há outros que podem ser utilizados para contribuir ainda mais com a conversão. Afinal, o principal objetivo de uma página de destino é a conversão, não é mesmo? E o papel dela é quebrar objeções que seu visitante possa ter ao se deparar com a sua oferta.

Setas ou uma imagem de alguém olhando para o formulário são alguns exemplos que podem influenciar na conversão do visitante. O senso de urgência também pode ser trabalhado em uma página de destino, estimulando um visitante indeciso a agir de forma mais rápida.  A dica é acrescentar no conteúdo quanto tempo falta para uma oferta expirar.

Que tal trazer dados de redes sociais, número de downloads ou depoimentos de pessoas que compraram ou baixaram um material rico? Trabalhar com informações que comprovem o valor de uma oferta pode impulsionar — e muito — os resultados de uma landing page.

Usar bullet points, sentenças curtas e destacar termos relevantes em negrito também são algumas dicas que podem ser utilizadas. 

Em relação à experiência do usuário, você pode:

  • evitar utilizar um layout poluído e com muitos elementos;
  • evitar usar cores fortes (vermelho, laranja, amarelo) em elementos próximos;
  • trabalhar com cores diferentes do site no botão principal para destacar o CTA;
  • alinhar os elementos dentro da página e não esquecer de deixar espaços de “respiro”;
  • cuidar para que o texto seja legível e comunique as informações com clareza.

Otimização e testes A/B

Entendendo cada elemento que citamos ao longo deste post, você poderá gerar hipóteses e criar testes para comprovar ou não estas hipóteses levantadas.

Através dos testes A/B, é possível testar uma página de destino com um título, subtítulo ou imagem diferente, utilizar um vídeo em vez de uma imagem, testar um formulário com menos campos, um botão com cor diferente ou um CTA com um novo texto, entre outras alternativas.

A realização dessa prática permite comparar diferentes variáveis, de modo a descobrir qual delas promove uma melhor performance. Ao realizar testes, com o tempo, você aprende o que funciona e o que não funciona para o seu público.

Quais ferramentas podem ajudar a criar uma landing page que converta?

Criar uma landing page do zero pode ser uma tarefa difícil se você não tiver conhecimentos de programação e/ou webdesign. Felizmente, existem ferramentas de criação de páginas de destino que reduzem esse trabalho a poucos minutos.

Assim, ao invés de passar semanas criando a sua página, você pode usar uma ferramenta para simplificar o processo e sem precisar de conhecimentos técnicos para isso. Dessa forma, você dedica mais tempo ao negócio e sucesso das suas ações. 

Confira, a seguir, algumas ferramentas de criação de landing pages.

Instapage

A Instapage oferece mais de 100 templates customizados e responsivos para a criação de landing pages. 

Com o auxílio dessa ferramenta, é possível escolher fontes diferentes para o texto — são mais de 5 mil opções — e imagens disponíveis em um banco com mais de 33 milhões de opções. Há também a possibilidade de criar o seu próprio layout ou fazer o download de algum ThemeForest e inseri-lo na plataforma.

Ela funciona na metodologia de “clicar e arrastar”, possibilitando posicionar os elementos da forma que desejar, além de selecionar os botões de CTA, vídeos e contagem regressiva. 

Unbounce

A Unbounce é uma ferramenta parecida com o Instapage, pois utiliza o mesmo mecanismo de “clicar e arrastar”. 

Nela, os elementos podem ser customizados e a página pode ser publicada pelo plugin do WordPress ou em qualquer domínio. A ferramenta direciona os clientes para uma página de agradecimento ou de confirmação e conta também com a opção de testes A/B.

LeadPages

Com a LeadPages é possível coletar dados dos leads por meio de pop-ups, mídias sociais, mensagens de texto e e-mails.

A ferramenta oferece milhares de layouts personalizados, que podem ser encontrados por meio de categorias de negócio (saúde, fitness, beleza, marketing, entre outros).

A LeadPages se integra ainda às principais ferramentas do mercado, como Mailchimp, Hubspot, Salesforce, Paypal, entre outras.

Leadlovers

A Leadovers é uma ferramenta de automação de marketing que oferece diversos serviços, incluindo a criação de páginas de venda, captura de leads e páginas de recompensa.

Os layouts são pré-prontos e podem ser totalmente customizados pelo próprio usuário.  Além da criação de landing pages, a ferramenta oferece serviços de disparos de e-mail e ferramentas para criar áreas de membros.

Há ainda outras ferramentas conhecidas para criação de landing pages, mas que possuem outras funções, como:

  • RD Station: ferramenta de automação de marketing que possibilita a criação de landing pages facilmente;
  • Hubspot: umas das mais famosas ferramentas de CRM e vendas também possibilita a criação de landing pages;
  • Wix: tem como foco a criação de sites diversos, entre eles as landing pages.

Como divulgar uma Landing Page

A sua landing page está pronta, mas bateu aquela dúvida de como fazer para que as pessoas possam encontrá-la?

A resposta certa é: divulgação. Quanto mais pessoas visitarem a sua página, maiores as suas chances de gerar leads, não é mesmo?

Para te ajudar, listamos alguns canais que podem impactar diretamente a sua divulgação e, consequentemente, na geração de oportunidades. Verifique, apenas, quais são os canais mais usados pelo seu público antes de começar.

E-mail marketing

Através do e-mail marketing é possível enviar mensagens para os seus contatos divulgando a sua oferta com o link para a página de destino. Além disso, se você tiver newsletter semanais, quinzenais ou mensais, também pode aproveitar o informativo para fazer essa divulgação.

Você pode segmentar os usuários da sua base de contatos por área de interesse para aumentar ainda mais os resultados e a conversão da sua landing page. Assim, além de criar uma nova oferta para os seus emails, você ainda impulsiona os inscritos a se tornarem oportunidades reais de negócio.

Social

As redes sociais têm um ótimo potencial de engajamento e você pode usar isso a favor da sua divulgação. 

Através desses canais, é possível divulgar a sua oferta e incentivar os usuários a baixarem, marcarem os amigos, compartilharem e reagirem aos conteúdos, visando aumentar o alcance da sua divulgação e conquistar novos visitantes.

Pontos de conversão no site ou blog

Você pode ampliar a sua divulgação incluindo pontos de conversão em seu site ou blog, como pop-ups ou banners em blogposts.

É possível, por exemplo, inserir um material rico como CTA de um post para que os visitantes possam saber mais sobre determinado assunto ou até mesmo direcioná-los para a compra de um produto.

Cada novo ponto de conversão é uma nova oportunidade de divulgar a sua oferta e gerar leads. 

Mídia Paga

Você pode criar anúncios no Google Ads, Facebook Ads ou outros canais que a sua audiência esteja presente. 

Basta segmentar o seu público para obter os melhores resultados. 

Não se esqueça de realizar testes para entender, cada vez mais, quais os melhores canais para começar a usar essa possibilidade a seu favor.

SEO para Landing Pages

Além dos canais que falamos acima, há um outro que se destaca muito: os motores de busca. Ele oferece tráfego qualificado, no momento certo em que a pessoa está buscando pela informação que você está divulgando e sem custos.

Otimizar a sua landing page para estar entre os primeiros resultados do Google significa que o visitante precisará percorrer menos passos até se converter e se tornar um lead.

Bônus: métricas para acompanhar nas suas landing pages!

Como já falamos, os testes em landing pages são fundamentais para construir páginas que convertam e aumentam a quantidade de potenciais clientes para o seu negócio. 

Existem algumas métricas que podemos acompanhar para melhorar os resultados e tornar a estratégia ainda mais bem sucedida. Entre elas, podemos destacar:

  • Taxa de rejeição: mostra qual a porcentagem de visitantes que permaneceram por pouco tempo, não consumiram o seu conteúdo e saíram da página;
  • Taxa de conversão: mostra a porcentagem de visitantes que converteram na sua landing page (baixaram um e-book, cadastraram para conversar com um consultor, uma compra, entre outros);
  • Taxa de cliques: mostra onde os visitantes mais clicaram;
  • Taxa de saída: revela a quantidade de usuários que tiveram algum tipo de interação com a página, mas, que por algum motivo, deixaram o site sem finalizar nenhuma ação.
  • Custo por lead: permite entender qual o valor real de cada um dos leads conquistados por meio da landing page.

Conclusão

O que aprendemos neste post sobre landing pages? Que não basta você criar uma página sem planejamento — mesmo que o seu produto seja excelente — e sair vendendo muito. É preciso se dedicar em cada uma das etapas da produção da sua página de destino, tendo uma estratégia sólida para atrair pessoas qualificadas para a sua oferta.

Vale a pena investir um tempo maior na criação dos textos, imagens e vídeos da sua landing page Deixar a experiência do usuário boa e passar credibilidade real do seu produto são fatores essenciais para você não perder nenhuma venda!

E aí, ficou com alguma dúvida? 

Ahh, e me siga no meu Instagram @cristianpessoamkt e aproveite meus conteúdos por lá também! Tem sempre novidades e você pode se inspirar para crescer o seu Instagram e aumentar suas vendas!

Compartilhe o Aplicativo com os seus amigos para me ajudar a crescer cada vez mais e trazer conteúdos ainda melhores para você.

Quer saber como acelerar o seu negócio através da internet? CLIQUE AQUI e assista ao vídeo que transformou minha vida e me fez ter a liberdade de viajar quando eu quiser, ajudar os meus pais e principalmente, realizar meus sonhos!.

E-book Gratuito
Como Criar Seu Negócio Online do Zero! Passo a Passo.

 

Este livro digital já foi baixado por mais de 1 milhão de pessoas. É o ponto de partida de centenas de histórias de sucesso na internet.
 
Nele você aprende em detalhes o que funciona hoje para ter seu negócio online, mesmo que você seja iniciante e não tenha conhecimento nenhum. 
100% livre de spam.

Você Leia também: também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário




Seja o primeiro a comentar!

UM ROBÔ QUE FAZ VENDAS PARA VOCÊ ENQUANTO DORME

NÃO SAIA SEM VER ISSO OU VOCÊ VAI PERDER A MAIOR OPORTUNIDADE DA SUA VIDA!!

AGORA VOCÊ PODE ALAVANCAR AS SUAS VENDAS OU COMEÇAR UM NEGÓCIO DO ZERO NA INTERNET

ATRAVÉS DE UM ROBÔ DE VENDAS QUE JÁ ESTÁ PRONTO PARA USAR

MESMO QUE VOCÊ NÃO TENHA UM PRODUTO.