O que é copywriting, qual sua importância e como fazer o seu

Tempo de leitura: 17 min

Escrito por Cristian Pessoa - Marketing PRÓ Afiliado

O que é copywriting, qual sua importância e como fazer o seuCopywriting é uma comunicação persuasiva, onde o maior objetivo é fazer com que o indivíduo em questão realize uma ação — seja ela realizar uma compra, responder um formulário, acessar um determinado site, entre outros. Trata-se de uma técnica que está presente nos negócios de maior sucesso atualmente, afinal o comportamento do comprador se modifica e as estratégias de venda se adaptam.

O copy, como podemos chamá-lo, é tudo o que você precisa para levar um ar mais persuasivo para os seus conteúdos. As técnicas que ele oferece irão te ajudar a alcançar os seus objetivos e metas com maior precisão. 

Por ser uma prática muito utilizada no mercado digital pelos resultados que ela traz, iremos abordar tudo o que você precisa saber sobre copy para que possa aplicar no seu negócio. 

Vamos começar? 

Mas antes de continuar, quero te fazer uma pergunta!! Você está cansado de tentar fazer venda e não conseguir uma sequer?

Pensando nisso eu trouxe a solução que muitos “especialistas do Marketing” escondem de você!

Essa solução se chama Robô Afiliado!

Veja esse vídeo e tenha em suas mãos a ferramenta que mais vende no Marketing Digital!

O que é o Copywriting?

Copywriting é o nome que damos para a comunicação persuasiva. Mas calma, você provavelmente deve estar pensando: “então é uma estratégia de enganação?”

A resposta é não. 

Este tipo de estratégia faz com que a pessoa tome a decisão que ela já gostaria de ter tomado, mas que, por alguma razão, ela ainda não fez.

Por isso, o copywriting é muito importante. Pense só: você vende uma forma para doces e uma chefe de cozinha tem interesse no seu produto, mas por alguma razão, ela ainda não comprou.

A técnica te faz “provar” para os seus possíveis compradores, que o seu produto é o correto para eles.

Acredite, não é nenhum milagre. É apenas um conjunto de técnicas que te farão entender melhor como o seu usuário pensa e o que ele precisa ouvir de você, para que ele efetue a compra.

E é isso que aprenderemos aqui! Vamos lá?

Para começar, precisamos saber quais são as motivações das pessoas, que fazem com que elas tomem as atitudes que queremos que elas tomem. Esse detalhe é muito importante pois, assim, você saberá se comunicar melhor com o seu público.

Motivações para as decisões

Sabemos que as pessoas tomam atitudes baseadas na solução de alguma questão que elas julgam importantes. E, por isso, há estudos que definem as principais motivações.

Sendo assim, para que você tenha sucesso na sua estratégia, você precisa conhecer cada uma dessas motivações. São elas:

Ser aceito

Nós, como seres humanos, desejamos sempre sermos aceitos no grupo que queremos. A conversa é a mesma: fazemos o que for necessário para nos sentirmos parte de um todo.

E é em cima disso, que você pode trabalhar uma copy de valor.

Pense na época da escola, em que existia o grupo dos populares, e o desejo da maioria das outras pessoas, era ser aceito por este grupo seletivo.

Ser apreciado

Além de ser aceito, as pessoas desejam ser apreciadas. Não basta que te tolerem, é preciso gostar de você. E é neste sentido que as pessoas fazem coisas absurdas para serem apreciadas, seja no trabalho, escola ou até entre um grupo de conhecidos.

Nos filmes americanos, há inúmeros exemplos disso: as vizinhas boazinhas que entregam sempre algum prato de comida para receber um novo morador.

Sentir-se bem

As pessoas também querem se sentir bem. Muitas vezes fazemos um gasto ou investimento apenas porque queremos nos sentir bem. Essa é uma estratégia muito efetiva para se explorar.

Até porque, quem não quer se sentir bem, não é mesmo?

Sentir-se importante

Outra motivação muito forte no ser humano é a de se sentir importante. As pessoas sentem necessidade de serem reconhecidas pela sua importância.

Porém, não estamos falando apenas de coisas de valor, mas também das coisas fúteis ou supérfluas. Um exemplo são as áreas VIP dos eventos.

Muitas pessoas brigam para estar nessas áreas privadas, simplesmente por se sentirem muito mais importantes que o restante das pessoas.

É por este motivo também, que as marcas de carro de luxo investem tanto na motivação do “se sentir importante”.

Ganhar dinheiro

O mundo capitalista enfatiza que, cada vez mais, ganhar dinheiro gera uma sensação satisfatória. Por isso, o marketing de multinível atrai milhões de pessoas para se juntar à metodologia de trabalho deles.

Até porque a maior promessa deste mercado é que os ganhos de dinheiro podem ser muito altos.

Utilizar isso é importante, porque o dinheiro acaba sendo um meio de sobrevivência e ao mesmo tempo luxo. Você precisa dele para se alimentar, mas também o utiliza para comprar um carro, por exemplo.

São exemplos muito diferentes e com proporções opostas, mas é para você conseguir entender como este motivador atinge todas as pessoas, independentemente de sua classe.

Economizar dinheiro

Ao mesmo tempo que as pessoas querem ter dinheiro, elas também querem poupar. Sendo assim, negócios que visam uma maior segurança financeira as pessoas, pode abusar desse motivador.

Até porque, existe um medo de precisar de um dinheiro no futuro e não o ter.

Economizar tempo

O tempo não pode ser comprável e nem mesmo devolvido. Por isso, se torna extremamente valioso. Sendo assim, muitas pessoas compram produtos que prometem otimizar o tempo delas.

Imagine só a situação: uma dona de casa, que cozinha todos os dias para a sua família, precisa lavar as vasilhas e gasta uma hora tentando remover a sujeira acumulada nas panelas. 

Então, ela vê um produto que promete eliminar as sujeiras, sem precisar fazer nenhum esforço físico e em apenas 1 minuto após aplicação.

Veja bem, nesta situação, a probabilidade de que a pessoa enxergue valor em um produto desse é ainda maior. Ela não perderá muito tempo fazendo um trabalho que a desgasta.

Facilitar algum trabalho

Ainda pensando no mesmo exemplo, o motivador de facilidade também se encaixa. As marcas que prometem facilitar algum trabalho sempre têm sucesso em vendas.

Quando falamos neste assunto, é impossível não lembrar da Polishop. Bom, essa marca utiliza muito bem esse gatilho. Em suas propagandas, conseguimos perceber que os produtos que eles oferecem sempre facilitam algum trabalho.

Essa motivação é importante quando pensamos que a Polishop é uma marca milionária. Portanto, há um grande potencial em explorar esse motivador.

Ganhar segurança

A segurança é algo interessante a se falar. O medo sempre persegue o ser humano de diferentes formas. E a segurança é uma das soluções para um tipo de medo.

Vamos a um exemplo?

O medo de ser roubado, ainda mais em um país onde a segurança é um fator preocupante, faz com que as pessoas assinem diversos tipos de seguros: de carros, celulares, entre outros.

Ficar atraente

Uma outra motivação é querer sempre estar atraente. Por isso, desejamos estar em forma, com os procedimentos estéticos em dia, da forma que mais nos achamos bonitos.

Isso porque queremos despertar nas pessoas uma reação de atração por nós.

Um nicho que utiliza muito desse motivador é a área de cosméticos, principalmente as propagandas de perfume, que abordam este motivador com muita frequência.

Mais conforto

O conforto também é uma motivação para a tomada de decisão de muitas pessoas. É por isso que várias marcas de carro utilizam bastante deste argumento para vender os seus modelos.

Isso porque gostamos mesmo de estarmos confortável e adquirimos uma série de produtos para termos este conforto.

Ser diferente

Na mesma proporção que queremos atrair pessoas, queremos ser diferentes também. O padrão é normal demais e cansativo. Por isso, lançamos tendências e buscamos a originalidade sempre.

Até que um produto diferente se popularize, leva um certo tempo. E, com certeza, as pessoas que utilizaram este produto, no princípio, são reconhecidas.

Isso desperta também o motivador de se sentir importante. Pois à medida que ganhamos um reconhecimento em sermos diferentes, nos sentimos importantes.

Ser feliz

Felicidade é uma busca que a maioria das pessoas tem. Se trata de viver intensamente e ter bons sentimentos guardados. E quem não quer ser feliz, correto?

Por isso, as agências de viagem, por exemplo, usam bastante desse motivador. Quer um momento mais feliz do que viajar para um lugar que você gosta ou que sempre sonhou em ir?

Mais diversão

A diversão também é um motivador muito importante e que atinge todas as idades, inclusive as crianças. Propagandas de produtos infantis ou até mesmo os parques, sempre demonstram uma diversão alcançável: através dos seus produtos.

Para os adultos, existem viagens, cinemas e até mesmo baladas que utilizam desse argumento.

Até porque, a diversão está totalmente entrelaçada com a felicidade. E este é um combo que atinge uma parcela muito grande da população.

Mais conhecimento

Esta é uma motivação importante, mas pouco utilizada. Algumas pessoas buscam o conhecimento e por isso adquirem produtos e serviços.

Muitos destes produtos/serviços utilizam de outros argumentos, junto a este, para persuadir o cliente. Um exemplo são os programas de mentoria, muito falados atualmente.

Ser saudável

O interessante dessa motivação é que ela não vem em primeiro lugar sempre. Na realidade, o “ser saudável” é um plano secundário em que, primeiramente, na maioria dos casos, as pessoas buscam ser aceitas.

Mas quando nos preocupamos com algum exame ou sobrepeso, nos dedicamos à saúde. Porém, queremos que a cura seja rápida e fácil.

Ou seja, quando surgem algumas cápsulas de vitaminas que precisamos ou até mesmo as emagrecedoras, queremos adquirir. Pois dessa forma, será mais fácil obter o resultado do que fazendo um esforço maior.

Saciar a curiosidade

O ser humano é curioso. Nos inscrevemos em alguns formulários só para sabermos o resultado que nos espera. Assim também funciona com os testes nas redes sociais.

Tendemos a querer saber o que vai acontecer ou com quem parecemos.

De qualquer forma, estimular a curiosidade pode ser excelente para atrair clientes para o seu produto ou serviço.

Mais conveniência

Queremos o conforto e conveniência com algumas questões da nossa vida. 

Quer um exemplo disso? Imagina você assinar um pacote de livros, com alguma livraria e todos os meses você receber dois ou três livros escolhidos por profissionais da literatura, combinando com os gêneros que você mais gosta de ler.

Conveniência, certo? Nada melhor do que receber bons produtos, na sua residência, sem você precisar se esforçar para consegui-los.

Alimentar a ganância

Falamos sobre o dinheiro e como nós tomamos decisões para o ganharmos. Porém, queremos mais ainda. Não nos contentamos com o que temos.

E este gatilho é muito importante.

Um exemplo disso são os empreendedores que já possuem uma notoriedade e uma boa quantidade de dinheiro, mas que entram em programas de mastermind com a promessa de que conquistarão ainda mais.

Eliminar a culpa

A culpa é um dos motivadores que mais alimentam as decisões das pessoas. Se sentir culpado é extremamente incômodo e causa uma sensação oposta a de felicidade.

Sendo assim, muitas pessoas compram produtos e adquirem serviços para que a culpa possa ser eliminada.

Um pai ausente, que adquire vários produtos para o seu filho, é motivado pela culpa de não passar muito tempo com ele. E assim, as marcas utilizam diversas dores de culpa, para vender mais.

Eliminar o medo

O medo, como dito anteriormente, é um motivador extremamente fácil de ser utilizado. As pessoas temem bastante, sobre diferentes aspectos.

Temos muitos medos e as marcas utilizam desse argumento para nos impor algumas coisas.

Pense só: talvez você nem passe muito tempo indo ao médico, mas, mesmo assim, se dedica para tentar encontrar um plano de saúde, caso haja alguma emergência.

As pessoas são movidas pelo medo e isso as aterroriza.

Essas são as motivações que levam as pessoas a tomarem algumas atitudes e decisões de compra e é através deste comportamento que você precisa extrair as suas melhores copies.

A importância do copywriting

Um dos pilares do marketing digital é a produção de conteúdo.

É através dele que você gera relevância e autoridade, atrai novos clientes e mostra a sua marca, produto ou serviço para o mundo.

Mas, imagine o seguinte cenário: você dedica horas do seu dia, até mesmo investindo dinheiro na produção dos mais variados conteúdos.

Se você tem um blog, você faz o seu dever de casa e publica artigos com uma boa frequência.

Entretanto, mesmo com essa produção dedicada, você não consegue aumentar o seu tráfego e muito menos converter aqueles usuários que acessam os seus posts.

O que você pode estar fazendo de errado?

Como levar os seus leitores a realizar uma ação ou, até mesmo, como atrair novos leitores para o seu blog?

É nessa parte que copywriting e marketing de conteúdo se unem para garantir que a sua estratégia tenha sucesso e você consiga alcançar os seus resultados.

A importância do copywriting no marketing conteúdo

Mais do que vender, o copywriting é a arte de escrever de forma atrativa.

Para muitas pessoas, o termo “escrita persuasiva” pode soar como algo pejorativo, pensado apenas para levar o leitor a realizar uma ação sem ter nada em troca.

No marketing de conteúdo, esse tipo de escrita será usado para despertar a atenção do seu público, mostrando toda a qualidade oferecida ali.

Não basta apenas produzir um conteúdo de qualidade. É preciso que o leitor se engaje com o que está lendo.

A construção deste engajamento passa por vários fatores: um título e subtítulos atrativos, chamadas que mostrem como o conteúdo poderá solucionar um problema do leitor e, principalmente, um bom call to action.

Seja em um artigo de blog, um e-mail ou até mesmo um post em redes sociais, o seu conteúdo precisa atender a um objetivo e, ao mesmo tempo, prometer e entregar valor para o seu público.

Desta forma, esse trabalho de copywriting no marketing de conteúdo precisa estar completamente alinhado com a persona do seu negócio, uma vez que é através deste conhecimento que você entregará materiais que os beneficiem.

Por outro lado, você não pode focar apenas em “converter leads”.

Lembre-se que um blogpost não é uma carta de vendas.

Ele, antes de tudo, tem que informar o cliente, oferecer uma informação valiosa que solucione um problema ou que desperte no leitor a intenção de solucionar uma dor.

Dicas para criar um Copy campeão de vendas

Para que o seu copy traga os resultados esperados, é preciso se atentar a alguns detalhes. 

Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar neste processo de criação. 

Entenda o problema do seu público

Você só chegará à solução de um problema se você o conhecer a fundo, não é? Por isso, antes de tudo, procure entender as dores da sua persona para utilizar esse conhecimento a seu favor.

Analise o seu produto na visão do consumidor para saber quais os pontos atrativos para ele, visando a resolução do problema que citamos acima.

Tendo em mãos o problema e a solução, você já pode começar a planejar o seu texto persuasivo.

Trabalhe as emoções

As emoções são responsáveis pela maioria das vendas. Você já deve ter comprado algo por conta do emocional, pensando estar sendo racional. Isso é mais comum do que percebemos no dia-a-dia, e para que seu copy surta efeito ele precisa despertar emoções.

Quando compramos algo, estamos trocando dinheiro por sentimentos. 

Hoje, um dos objetivos do marketing é estabelecer ou aumentar a familiaridade do consumidor com a marca. Tudo através de associações emocionais positivas.

Por isso, devemos dar atenção para as emoções das pessoas para sabermos qual desses sentimentos elas estão buscando ao adquirir o que você tem a oferecer.

Tendo essa informação, você conseguirá abordá-las de uma forma mais certeira.

Cuidado para não falar do produto no momento errado

Um copy tem a finalidade de fazer com que as pessoas realizem uma ação. Neste caso, a realização da compra. Mas, não é porque o seu texto busca vender certo produto que você precisa falar dele em cada parágrafo. 

Muito pelo contrário.

Se você já chegar falando do produto, as chances de o leitor continuar ali são baixas. 

É preciso trabalhar as emoções e mostrar que você tem a solução para o problema, antes de qualquer outra coisa. Assim, você estará falando do produto sem falar o seu nome.

Geralmente, esta é a última etapa — ou uma das últimas — em uma página de vendas.

Capriche no título

Se o título não for atraente, talvez o leitor não passe da primeira linha do seu copy. Já pensou produzir um conteúdo de alta qualidade e as pessoas nem chegarem a lê-lo? Pois é, se não planejar bem o seu título é isso que irá acontecer.

O título será o primeiro contato da pessoa com o seu conteúdo, por isso crie uma frase capaz de despertar a curiosidade sem mencionar o seu produto.

Dados e pesquisas são ótimas opções

A utilização de números, pesquisas, estudos no geral, leva confiança à sua persona. 

Se eu falo que você deve utilizar dados no seu copy, é uma coisa. Agora, se eu digo que a utilização de dados aumenta as suas chances de vendas em 80% é certo que será mais fácil te convencer da importância de ter essa informação disponível. (Este é só um exemplo, ok?)

Pense em quais números e pesquisas você pode utilizar com base no seu produto, realize buscas e transforme as informações em vendas.

Use gatilhos mentais

Os gatilhos mentais trabalham em conjunto com o storytelling e a copy em si. Eles também mexem com as emoções das pessoas, despertando sentimentos propícios para a realização da venda.

“Faça o teste por 30 dias e, se não gostar, devolvemos o seu dinheiro”.

Esse é um tipo de gatilho mental, ou seja, ele desperta a sensação de confiança no cliente. Você mostra que está comprometido com aquilo e quer levar apenas o melhor até ele, e caso isso não ocorra, você recebe o seu dinheiro de volta.

Existem diversas formas de utilizar essa tática em seu texto persuasivo e você pode saber mais sobre isso a seguir.

Gatilhos mentais para usar no seu copy

Gatilhos mentais são os estímulos que o cérebro humano recebe para a tomada de decisão. 

Eles despertarão algo em você que gere interesse. Para o mercado de afiliados, por exemplo, esses gatilhos podem ser grandes aliados no processo de vendas se souber como usá-los da maneira correta.

As reações geradas por esses gatilhos são automáticas, ou seja, você não tem consciência de que aquilo está te influenciando. 

Para um melhor resultado ele pode ser trabalhado junto do storytelling, que é quando contamos uma história com o objetivo de levar o cliente a realizar uma ação. 

Unindo uma boa história com as palavras certas, você tem uma carta de vendas eficiente. É certo que ele fará toda a diferença nos seus resultados.

Diferença entre copywriting e redação publicitária

A maior diferença entre o copywriter e o redator publicitário está relacionada com o foco dos dois. Enquanto o copywriter está mais focado em incentivar o público a realizar uma ação direta, ou seja, imediato, o redator publicitário tem o foco na concepção da marca.

Essa diferença impacta na forma que é feita a pesquisa do público, os meios utilizados para impactar essas pessoas e no conteúdo que será oferecido para alcançar o objetivo.

Além das diferenças na produção dos materiais, existe também a diferença de que o publicitário tem uma formação acadêmica e legislação regulamentadora da profissão. 

Isso não significa que o copywriter não estuda para se tornar um especialista na área, e sim que é uma profissão que requer dedicação além da acadêmica.

Na área do marketing digital, inclusive no mercado de afiliados, o copy é uma estratégia muito utilizada na produção de conteúdo. Afinal, estamos falando de realizar uma ação imediata como a venda.

Conclusão

Esperamos que este artigo tenha te ajudado e entender um pouco mais sobre o que é copywriting, qual a importância que ele possui no marketing de conteúdo e tenha te dado alguns insights para aplicar nas suas estratégias.

Seguindo as dicas que também oferecemos, você terá grandes chances de aprimorar a sua estratégia utilizando o copy no processo.

 

Ahh, e me siga no meu Instagram @cristianpessoamkt e aproveite meus conteúdos por lá também! Tem sempre novidades e você pode se inspirar para crescer o seu Instagram e aumentar suas vendas!

Compartilhe o Aplicativo com os seus amigos para me ajudar a crescer cada vez mais e trazer conteúdos ainda melhores para você.

Quer saber como acelerar o seu negócio através da internet? CLIQUE AQUI e assista ao vídeo que transformou minha vida e me fez ter a liberdade de viajar quando eu quiser, ajudar os meus pais e principalmente, realizar meus sonhos!.

E-book Gratuito
Como Criar Seu Negócio Online do Zero! Passo a Passo.

 

Este livro digital já foi baixado por mais de 1 milhão de pessoas. É o ponto de partida de centenas de histórias de sucesso na internet.
 
Nele você aprende em detalhes o que funciona hoje para ter seu negócio online, mesmo que você seja iniciante e não tenha conhecimento nenhum. 
100% livre de spam.

Você Leia também: também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário




Seja o primeiro a comentar!

UM ROBÔ QUE FAZ VENDAS PARA VOCÊ ENQUANTO DORME

NÃO SAIA SEM VER ISSO OU VOCÊ VAI PERDER A MAIOR OPORTUNIDADE DA SUA VIDA!!

AGORA VOCÊ PODE ALAVANCAR AS SUAS VENDAS OU COMEÇAR UM NEGÓCIO DO ZERO NA INTERNET

ATRAVÉS DE UM ROBÔ DE VENDAS QUE JÁ ESTÁ PRONTO PARA USAR

MESMO QUE VOCÊ NÃO TENHA UM PRODUTO.